COMO CONTRIBUÍMOS NA MELHORIA DA GESTÃO DE ATIVOS DA PETROBRAS

           A Lynx Engenharia, através de seu CEO (Luís Aguiar dos Santos Neves), convidado e contratado pela empresa Grupo I can para assumir com exclusividade única a responsabilidade técnica para a realização do Diagnóstico da Gestão de Ativos ISO 55.001 da Unidade de Negócio da Bacia de Santos – UN-BS Petrobras.

          Conheça abaixo o case em que as informações valiosas fornecidas pela força de trabalho da Lynx Engenharia foram determinantes na contribuição do alcance de resultados ainda maiores pela UN-BS e capazes de promover a revisão da estratégia da gestão de ativos da UN-BS, um marco entregue à maior empresa do Brasil fornecidas a partir da metodologia única da Lynx Engenharia alinhada com as práticas mais avançadas do mundo, reconhecidos pela equipe do projeto e pela alta direção da Petrobras.

 

Case Diagnóstico da Gestão de Ativos da UN-BS Petrobras 2022:

 

            Em 2019 a unidade de negócio da Petrobras, a UN-BS (Unidade de Negócio da Bacia de Santos) criou um programa com a missão de entender, tratar e implementar a gestão dos ativos na UN-BS conforme requisitos da:

  1. Norma Técnica ABNT NBR ISO 55001 (Gestão de ativos – Sistemas de gestão – Requisitos);​
  2. GFMAM (Global Forum on Maintenance & Asset Management): The Asset Management Landscape;​
  3. IAM (Institute of Asset Management): “Asset Management Models and Management System”​.

            Cada etapa cumprida do programa permitiu o avanço que a jornada de gestão de ativos contempla rumo à excelência operacional e a manutenção classe mundial.

 

            A condução da força de trabalho da Petrobras, à frente deste programa, garantiu uma prática realizada desde o início que foi, saber em que nível de maturidade a organização se encontra, e a partir disso, elaborar ações concisas para as discrepâncias identificadas, ou seja, é necessário um diagnóstico de avaliação da gestão dos ativos capaz de identificar o atual contexto da organização dentro da abordagem da gestão dos ativos para saber se o caminho percorrido pela UN-BS e do ativo P-69 estava e está alinhado com os requisitos dos modelos normativos, e para isso, a avaliação deveria ser feita por uma empresa contratada.

 

             A contratação passou por um processo licitatório e, os projetos apresentados, contaram com a participação de grandes empresas de consultoria do Brasil e, ainda assim a Petrobras entendeu que no projeto apresentado pelo Grupo I can havia um potencial mais alinhado ao tamanho do desafio e por isso contratou essa empresa.

 

            Neste projeto para realizar o diagnóstico da gestão de ativos para a Petrobras, o Grupo I can, foi composto por:

 

  • Luís Aguiar dos Santos Neves, responsável técnico pelo projeto diagnóstico da gestão de ativos da UN-BS, certificado internacional CAMA em gestão de ativos – pré-requisito para a contratação pela Petrobras (Engenheiro mecânico, engenheiro de manutenção, CEO da Lynx Engenharia Sistemas de Controle).
  • Tereza Soares, administradora e avaliadora do projeto do diagnóstico da gestão de ativos da UN-BS (32 anos na Petrobras, sendo 16 anos em funções gerenciais, Conselheira Fiscal da Petros e desde 2014 sócia proprietária do Grupo I can);
  • Ricardo Blanco avaliador e gerente de relacionamento do projeto do diagnóstico da gestão de ativos da UN-BS (32 anos no Sistema Petrobras atuando na gerência geral da Transpetro na modelagem e estruturação de aquisições de bens e serviços (Supply Chain) e;

            A apresentação final do Diagnóstico da Gestão de Ativos da UN-BS/P-69 Petrobras 2022, foi realizada para um público específico da Petrobras e contou com a presença da alta direção da unidade da Bacia de Santos, dos membros/gerentes da comissão de gestão de ativos, gerente de operações de plataforma, e gerentes de áreas como: gestão, planejamento, orçamento, integridade dos ativos e engenharia de confiabilidade.

 

            Os resultados da UN-BS e da P-69 apresentados, forneceram um alto nível de detalhamento agindo como um facilitador adicional na elaboração do plano de ação bem como os próximos passos a serem dados, e ainda, foram fornecidos insights de manutenção contendo informações valiosas capazes de promover a revisão na estratégia do planejamento da gestão de ativos não apenas da UN-BS, mas por abrangência, pode ser estendido a toda Petrobras, reconhecidos pela equipe do projeto e pela alta direção da empresa.

Nota: Texto e imagem deste case autorizados pelas áreas de Comunicação e Segurança Corporativa da Petrobras – Junho 2022

error: Conteúdo protegido !!